O Neopragmatismo de Richard Rorty: uma crítica ao autoritarismo da noção de verdade redentora

Nome: Gustavo Escopelli Moulim da Silva
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 09/10/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ricardo Correa de Araujo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Aldir Araújo Carvalho Filho Examinador Externo
José Renato Salatiel Examinador Externo
Marcelo Martins Barreira Examinador Interno
Ricardo Correa de Araujo Orientador

Resumo: Esta pesquisa tematiza a crítica rortyana ao conceito de verdade redentora e seus desdobramentos autoritários. Mais especificamente, se vale da declarada filiação do autor com o pensamento pragmatista norte-americano, sobretudo, de Dewey e James, para demonstrar os problemas potenciais levantados pelo itinerário metafisico da tradição Platônica e suas consequências em um regime politico democrático. Nesse sentido, o trabalho pretende apresentar a relação entre o neopragmatismo de Rorty e a tradição pragmatista clássica, demonstrando a posição do autor em favor dessa escola de pensamento, da qual ele retoma temas e teses em favor da democracia.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910