Pessimismo e niilismo na filosofia alemã do século XIX

Resumo: O presente projeto visa analisar os problemas do pessimismo e do niilismo filosóficos na tradição alemã do século XIX, em especial nos pensamentos de Arthur Schopenhauer e Friedrich Nietzsche, de tal modo que se possa pensar em que medida o eco de tais discussões se faz ainda presente nas reflexões contemporâneas. Enquanto o primeiro autor é considerado o fundador do pessimismo em sua vertente filosófica, o segundo é aquele que consolida o niilismo como um problema bastante significativo não apenas da filosofia do século em questão, mas sobretudo o transforma em um dos temas mais relevantes das reflexões contemporâneas - não apenas no âmbito da filosofia, deve-se destacar. Pretende-se demonstrar, com isso, que, sem uma análise cuidadosa da origem de ambos problemas, não é possível compreender a significação e magnitude do problema com que o homem contemporâneo tem de lidar, em especial quando somos remetidos ao "niilismo", isto é, à completa falta de valores.

Data de início: 2016-08-01
Prazo (meses): 72

Participantes:

Papel Nomeordem decrescente
Coordenador Wander Andrade de Paula
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910