Histórico

O Curso de Graduação em Filosofia da UFES desde sua criação passou por várias fases em seu desenvolvimento. Podemos estabelecer dois momentos básicos. O primeiro vincula-se ao período que vai da criação em 1988, até meados da década de 90. Nesse período inicial de implementação do curso houve uma ênfase no processo de ensino. Mesmo as produções acadêmicas, naquilo que elas tinham de mais significativo estavam voltadas para atividade docente. É nesse contexto e com essa preocupação, por exemplo, que foi escrito pelos professores de filosofia do Departamento o livro "Introdução ao pensamento filosófico", que ficou sendo uma referência entre os manuais de filosofia no Brasil. A preocupação que se tinha era de formar professores que pudessem atuar na rede pública e particular de ensino lecionando filosofia.

Cabe ressaltar que concomitantemente ao surgimento do curso de filosofia houve por parte dos professores de filosofia uma atividade intensa, mediante projetos de extensão, junto à Secretaria Estadual da Educação e Cultura do Estado do Espírito Santo, na elaboração e implementação de um projeto de implantação da filosofia no ensino médio capixaba. Essas atividades ocorreram a partir de convênios estabelecidos entre o Departamento de Filosofia e a referida secretaria Estadual.

Após meados da década de 90, o Departamento de Filosofia passa por uma reformulação em seus quadros. Novos professores com um espírito investigativo começam a integrar o quadro docente.

Agora, além do ensino e da extensão começa a ganhar lugar a atividade de pesquisa. Como consequência desse novo espírito investigativo surge a revista de filosofia Sofia (ISNN 1676-417X), que se torna um instrumento importante de difusão e divulgação das pesquisas que começaram a ser feitas pelos professores do Departamento. Certamente que esse foi um acontecimento importante em termo de uma maior qualidade do curso. O Departamento formou Grupos de Pesquisa registrados no Diretório de Grupos do CNPq. Cabe ressaltar que anualmente realizam-se as Semanas de Filosofia, nas quais alunos e professores têm a oportunidade de divulgar suas pesquisas. Aos poucos os alunos passaram a integrar os vários grupos de pesquisas formados pelos professores a partir de identificação de temas e tradições filosóficas.

Como parte desse processo de amadurecimento acadêmico e filosófico, o Departamento de Filosofia pleiteia, junto aos órgãos competentes, o credenciamento de um mestrado de filosofia, o que certamente representará aos alunos do curso a oportunidade de continuidade em sua graduação e uma contribuição para com a sociedade capixaba em termos de desenvolvimento de uma capacidade crítica, na busca de uma consciência social, de novas formas de representar a si, e de articulação entre as representações particulares de mundo com aquilo que nos legou a tradição filosófica.

Esta nova proposta do curso de filosofia, tanto para a licenciatura como para o bacharelado, com as novas mudanças pedagógicas representará possibilidade de avanço qualitativo na experiência vivenciada até agora pelo curso.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910